segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

CAYCE - FUNÇÃO DAS GLÂNDULAS ENDÓCRINAS


GC: Você vai neste instante fazer uma preleção sobre as glândulas endócrinas do organismo humano, discutindo

Traduzid
GC: Você vai neste instante fazer uma preleção sobre as glândulas endócrinas do organismo humano, discutindo as suas funções com respeito ao corpo físico e as relações que tem com as forças mentais e espirituais.

EC: Sim, temos a atividade do sistema endócrino, conforme pode ser descrito a partir deste corpo aqui. Um discurso, para ser de utilidade ou auxílio, não pode ser concluído em menos de quinze ou vinte séries; Porque este é o sistema pelo qual ou em que as disposições, as características, as naturezas e as raças têm a sua origem.

Pouco é, obviamente, sabido ou se acha registado quanto às atividades das mesmas. Por estarem a ser descobertas, ou redescobertas pelo homem na busca que empreende da estrutura anatómica do corpo humano; e estão continuamente a ser descobertas. Assim, como é natural, elas não se encontram presentes num corpo morto.

Daí as influências ou oportunidades que foram dadas ao homem sob diversas circunstâncias com base no estudo da estrutura anatômica de uma maneira ou meios por que podem ser observadas; nomeadamente através do Sistema Digestivo (mas mesmo acerca disso muito pouco é conhecido). Por somente essa porção no reino animal (bem como na história da medicina) ter sido estudada por observação.

Assim, no estudo dos sistemas glandulares que atuam no âmbito das glândulas ou dos órgãos, ou das forças activas de um corpo físico, elas tornam-se apenas naqueles que podem ser vistas ou observadas a partir de uma actividade INDIVIDUAL; e como tal são apenas RELATIVAS - ou podem ser relacionadas com outras por poderem ser observadas naquilo que é produzido em si mesmas.

Pois, como foi indicado por certos modos, por certas actividades, gera-se no sistema uma actividade produzida pela raiva, pelo medo, pelo regozijo, pela alegria ou por qualquer uma dessas forças que pela secreção glandular produz aquelas actividades que fluem por todo o sistema. Tal actividade pois, é desse sistema endócrino, e só foi observada por formas muito remotas, ou apenas aqui e ali. Apenas recentemente, essa atividade recebeu consideração da parte dos especialistas em QUALQUER atividade relacionada com o corpo humano.

E como foi indicado por aqueles que possivelmente estão a liderar o conjunto das actividades revolucionárias relacionadas com estas, ao procurarem a visibilidade até mesmo do sistema circulatório, deve ser considerada toda a actividade; não separando-as umas das outras, mas toda a estrutura anatômica deve ser SEMPRE considerada como um todo.

Então dir-lhes-íamos - para sermos o mais breve possível neste breve período, embora para vocês obterem uma maior consciência ou algum ganho leve entre oito ou dez a quinze destes períodos para obterem uma influência realmente INSTRUTIVA:

Qual será a atividade das glândulas? A maioria dos órgãos o corpo pode ser considerado uma glândula, ou pelo menos deve ter cabimento na actividade de funcionamento de cada parte - como o olho, a orelha, o nariz, o próprio cérebro, o pescoço, o traqueia, os brônquios, os pulmões, o coração, o fígado, os baço, o pâncreas - o que lhes permite realizar a sua função de retirar do sistema o que lhe impede de se REPRODUZIR! Essa é a função das glândulas!

Não apenas num todo, mas enquanto fonte individual num todo.

Daí que exista no sistema aquela actividade da alma, que constitui o dom do Criador para o homem. Poderá, pois, ser plenamente visto o quão estreitamente as glândulas se encontram associadas com a reprodução, a degeneração e a regeneração; e isso por todo - não só as forças físicas do corpo mas pelo corpo mental e pelo próprio corpo da alma.

As forças glandulares são sempre semelhantes às fontes de onde e por meio das quais, a alma chega a habitar o corpo.

A título de ilustração - por precisar ser breve neste particular período, mas para que tenhas uma vaga ideia daquilo a que deste início:

Consideremos a questão da raça. Porque razão na mistura das raças se dá um reversão dos princípios iniciais  à terceira geração e depois à décima? (Lembra-te que estamos apenas a falar do ponto de vista da reacção física.)

Por ser necessário ao ciclo de actividade activo na força glandular da reprodução que volte a afirmar-se. De que modo é isso referido na nossa palavra? Pelo facto dos pecados dos pais recaírem nos filhos da terceira e quarta geração e mesmo até à décima. O que não quer dizer que os resultados se evidenciem apenas pelas funções dos órgãos dos descendentes, conforme geralmente é implícito; mas que a essência da mensagem seja passada ao indivíduo com respeito à actividade ele possa ou eventualmente deva estar bem ciente no seu próprio ser. Ou seja, que efeito tem isso em ti para que chegues a sentir-te furioso, a teres vontade de rir ou de chorar ou de te sentires pesaroso? Todas essas actividades influenciam não só a ti e às relações que tens com o teu semelhante como a próxima experiência que venhas a ter na Terra.

Isso é evidenciado neste corpo particular que aqui se encontra, através do qual a informação foi transmitida - a que chamam Cayce; João teria sido melhor!

Há aquelas mesmas influências usadas ou manifestadas naqueles períodos de actividade de indulgência, conforme indicamos, que ampliaram uma actividade dessas no sistema glandular. Daí que nas presentes acções relacionadas com as forças físicas do corpo isso leve a um guerrear contínuo - contra aquelas influências ou actividades presentes no sistema.

Essa mesma reversão para as causas iniciais pode ser constatada em outros, sempre que se tenham entregado a uma indulgência pessoal de qualquer forma. Consequentemente, como poderás constatar ao teu redor, e que está a acontecer: A razão por que estará a raça da população da América a crescer cada vez mais em altura. O exercício das forças glandulares está relacionado com a actividade que produz no sistema uma extensão das forças estruturais físicas do corpo! Mais rápido que o pensar! As glórias pessoais em vez das glórias de Deus!

O resultado das secreções glandulares produzidas no sistema por tais forças activas são monstruosidades e gigantes - e isso está a revelar-se cada vez mais.

Isso não necessita, conforme veem pela constatação do que veem, que os progenitores de tais monstruosidades precisem eles próprios ser monstros, mas deve-se ao facto de na sua união terem tornado possível a expressão daquilo que tenha respondido pelo uso extravagante das influência que o indivíduo nas suas própria experiências na Terra!

Depois vemos que o sistema endócrino - não as glândulas mas o sistema - seja aquilo que se acha disseminado por todo o corpo com relação às forças físicas do mesmo; pode ser estudado ou seguido no seu relacionamento não só na relação que tem com as forças estruturais físicas do corpo como com o que designamos por hereditariedade e forças ambientais e a forma como se poderá esperar que reajam sobre o sistema.

Se elas foram consideradas nas relações apropriadas que têm com aqueles períodos durante a concepção e aqueles períodos de formação, a aplicação das mesmas pode ser feita de tal modo a - como os Romanos faziam - formar um corpo belo e adorável; contudo, a vida pode assemelhar-se à do próprio satã.
(Leitura 281-38)


Pergunta: Deveria ser dada instrução aos pais das gerações vindouras com respeito às glândulas?
Resposta: Correcto.

Pergunta: Será a actividade espiritual no interior do corpo dos pais, ou a falta dela, que determina a influência predominante na vida dos seus filhos?
Resposta: É verdade.

Pergunta: A raiva leva a que as glândulas segreguem veneno. A alegria tem o efeito contrário. As glândulas adrenais são as que se acham principalmente envolvidas, e reagem por intermédio do plexo solar em todas as partes do corpo.
Resposta: Principalmente as adrenais, mas todas as glândulas são envolvidas, senão veja-se: Uma mãe que amamente descobrirá que a raiva lhe afecta as glândulas mamárias. Uma mulher grávida descobrirá que as glândulas digestivas saem afectadas. O fígado, os rins e todas as glândulas são afectadas; embora seja correcto dizer que a reacção se dê primordialmente nas glândulas adrenais.

Pergunta: Quando a forma do embrião começa a tomar a ter expressão, o crescimento do ser físico dá-lhe expressão através dos canais aéreos.
Resposta: Dá-lhe expressão através dos canais aéreos, mas com certeza que irrompe das células Lyden (Leydig).

Pergunta: A ciência médica chama às glândulas situadas na base do cérebro Pituitária e ao Terceiro Olho Pituitária. Porque razão terão esses nomes sido invertidos? Faça o favor de explicar.
Resposta: A sua actividade indica que, a partir do ângulo destes estudos, elas deveriam ser ao contrário.

Pergunta: Quer dizer que deveríamos inverter as nossas, ou que a Ciência Médica deveria inverter ela própria?
Resposta: Para se compreender aquilo que é dito, invertam-nas! Não estamos a dizer à Ciência Médica o que fazer! Estamos a dizer-te a ti o que fazer!
(Leitura 281-54)

Pergunta: Faça o favor de debater mais a fundo a relação que as cores têm com os sete principais centros glandulares do corpo. Será que as cores variam em relação a cada centro de pessoa para pessoa, ou estarão cores definidas associadas a cada centro?

Resposta: Ambas. Por cada uma - lembra-te, estuda isso à luz não só do que foi referido mas como uma experiência prática que representa no mundo material; conforme é sabido, a vibração constitui a essência ou base da cor. Como cor e vibração ao longo dos vários centros da experiência do indivíduo são tornadas conscientes, acabam por se traduzir por experiências definidas. Tal como a raiva assume uma cor vermelha, ou qualquer coisa que seja deprimente seja azul; contudo, nas suas tonalidades, nas suas actividades, com relação a cada uma, elas começam pelo uso do mesmo que tem na experiência a traduzir-se por esses diversos estágios. Por exemplo, embora a raiva se traduza pela cor vermelha, o rosado na maioria dos casos das almas traduz-se por deleite e por alegria - contudo, noutros casos, ao serem formados de centro para centro, chegam a traduzir-se ou a expressar uma forma de alegria; quer isso irrompa de uma experiência material, mental ou espiritual. Tal como poderá ser visto na interpretação vulgar do branco, mas por todo o género de raios que chega a significar aquilo que se situa acima da aura de tudo na sua vibração procedente do corpo e da actividade da experiência mental quando os diversos centros vibram através da cor.

Pergunta: Nesse caso, dê a cor para: Gonadas, Lyden, Plexo Solar, Timo, Tiroide, Pineal, Pituitária.
Resposta: Isso vai da cor mais pesada até à mais elevada - até àquilo que forma o halo. No caso de cada uma, elas tornam-se nas diversas forças activas e seguem a ordem regular do prisma.
(Leitura 281-30)


A meditação implica deixar que a influência da força geradora se eleve através do sistema endócrino até aos diversos centros; em primeiro lugar para purificação do eu e depois, para obterem o que é necessário (através de um símbolo, sinal ou visão) realizar por parte dos indivíduos que buscam.
(Leitura 2329-3 Mulher de 42 anos.)

Para compreendermos a meditação precisamos compreender as forças físicas do corpo:

Existem centros, áreas, condições em que evidentemente deve existir contacto entre o físico o mental e o espiritual. O contacto espiritual produz-se por intermédio das forças glandulares das energias criadoras; não se acha limitado unicamente à glândula Leydig da reprodução.
(Leitura 263-13 mulher 29 anos)

Recomendação de ordem geral:
Encontra o que para ti próprio represente o caminho mais seguro para alcançares a tua consciência de purificação do corpo e da mente antes de tentares entrar em meditação, como a elevação da imagem daquilo por meio do qual estás em busca de conhecimento do desejo ou da actividade das Forças Criadoras; porquanto pela meditação estais a elevar uma verdadeira criação que tem lugar dentro do eu interno!
Quando tiverem descoberto aquilo que limpa o corpo para o seu eu, quer seja pelo impedimento a certos alimentos, ou certas associações (com homem ou com mulher) ou aqueles pensamentos e actividades que impediriam àquilo que se deve elevar que encontre a sua medida plena de expressão no homem interior (homem ou mulher, quer dizer, no sentido daqueles sentidos radiais dos quais, ou centros a partir dos quais recebem os seus estímulos para a sua actividade todos os órgãos físicos e mentais) veremos facilmente o modo por que, então a cura de todo tipo e natureza se pode disseminar nas asas do pensamento, por intermédio da meditação (quando tiverem purificado o vosso eu).
Bom, quando se tiverem purificado, seja por que modo for, não devem recear tornar-se tão dominadores que cheguem a provocar alguma perturbação física ou mental. Somente quando carecem de purificação é que o acesso a qualquer coisa desaba no potencial desastre, ou na dor, ou na enfermidade de qualquer natureza.
(Leitura 281-13 )

Esta leitura foi dada a um indivíduo que possuía faculdades psíquicas especiais:
Em primeiro lugar, isso (…) mostra que existe, inato em todo indivíduo, um canal por intermédio do qual podem funcionar foças psíquicas ou espirituais, que se manifestam no mundo material. Chama-se-lhes glândulas, e afectam os órgãos do sistema.
Na sua actividade se mostra, pois, que é evidente a actividade das forças criadoras dentro do próprio corpo ao produzir ou dar lugar a tais fenómenos no plano material, de tal forma que o emprego dos mesmos pode dar ao indivíduo uma mentalidade mais espiritualizada, ou por meio do que o abuso das mesmas se degrada mais ou bestializam n actividade que têm no plano material.
(Leitura 294-140 Homem, 55 anos)

A glândula Lyden, ou “glândula fechada,” representa como que o guardião do portal que solta, ou deixa que qualquer paixão ou milagre seja solto a fim de capacitar o buscador a encontrar a Porta Aberta, ou o caminho para a expressão nas forças imaginativas na manifestação que faz das forças sensoriais de um corpo; quer dedos que escrevam, ou olhos que vejam, voz que fale, a todo o sistema, com sentiriam aquelas impressões que se acham em sintonia com as do infinito pelo seu desenvolvimento e associação, ou aqueles nos estágios intermediários ou aqueles que passaram deste plano, para as forças invisíveis. Por o mundo da inconsciência não se encontra numa mudança material do mundo físico excepto quanto aos seus atributos ou às relações que tem com o mesmo. Quer a visão tenha sido elevada ou reduzida depende da altura, profundidade, largura ou comprimento que tiver percorrido em busca da sua fonte de provisão.
(Leitura 294-140 Homem 55 anos)

Instrução quanto ao emprego ou mau uso que se pode fazer das glândulas reprodutoras na actividade psíquica:
A título do que se comunicou, como se pode constatar através desta informação: As glândulas da reprodução num organismo dão algo para que se posa alcançar a criação, u entrar em sintonia com ela, quando tal pessoa (com faculdades psíquicas) harmonize ou sintonize o seu eu com o infinito: e a quantos a elas recorrem para abuso dos privilégios que são as vidas materiais de tais indivíduos, qual deve ser a vida deles quando entram em sintonia, ou despertam, ou se expressam num mundo material ou carnal? Pensa nestas coisas, Homem. Pensa! Que se entregue à própria essência da Vida quando se entrega a outro aquilo que possa conduzir a consciência a um despertar nos seus próprios seres!
(Leitura 294-141 Homem, 55 anos)

Existem centros, áreas, condições em que evidentemente se deve estabelecer tal contacto entre o físico, o mental e o espiritual. O contacto espiritual faz-se através das forças glandulares das Energias Criativas encerradas não só na glândula Lyden da reprodução, por se achar permanentemente - enquanto houver vida – em contacto com as células do cérebro por intermédio das quais se verifica a reacção constante através da pineal.
(Leitura 263-13

Lyden, (Leydig) significa “selado,” a glândula por intermédio da qual a gestação tem lugar quando um corpo é criado por intermédio do coito, ou concepção. Situa-se nas glândulas genitais e acima delas, estendes?
Leitura 3997-1)

A pituitária constitui a porta, conforme interpretada por aqueles que, todos os actos reflexos reagem por intermédio das várias forças do sistema nervoso. É aquilo para que e através do que vêm as actividades mentais que produzem as influências do sistema imaginativo, assim como os preconceitos raciais designados como influências predominantes – ou a força sanguínea em si mesma. No espiritual é aquilo para que a singularidade no adulto traz o despertar para as suas capacidades, as possibilidades, a esperança e o desejo finais.
(Leitura 281-58)

As glândulas pituitárias têm mais que ver com o metabolismo do sistema, e desse modo afectam as forças emocionais.
(Leitura 357-7)

Aqui temos informação que será do interesse de todos quantos estudam as experiências psíquicas no plano material, quanto à forma como tais experiência da parte de outros podem ser dadas por indivíduos tal como a fonte de que esta informação tal como pode ser dada emana. Precisa haver no físico ou plano material um canal por meio do qual as forças psíquicas ou espirituais possam manifestar-se…

Neste corpo particular, (Edgar Cayce) por intermédio de quem esta presente informação emana, a glândula com o seu fio conhecida como glândula pineal é o canal ao longo do qual a mesma opera, e pela subjugação da consciência – da consciência física – ergue-se como que uma célula das Forças Criativas situadas no corpo à entrada da mente consciente, ou cérebro, que opera ou percorre ao longo o fio ou corda que quando cortada separa o físico, a alma, ou o corpo espiritual. Ela usa, pois, os sentidos do corpo de uma forma introspectiva, e eles parecem não estar a funcionar de um nodo normal como quando desperto. Todas as faculdades do corpo se tornam mais alerta.
(Leitura 288-29)

Mantenham a glândula pineal em funcionamento e não envelhecerão.
(Leitura 294-141)
o por Amadeu António

Sem comentários:

Enviar um comentário